Sem categoria

6 tipos de iluminação: não erre mais na escolha!

Rei da Iluminação
Escrito por Rei da Iluminação em 3 de março de 2022
6 tipos de iluminação: não erre mais na escolha!
Junte-se a mais de 10000 pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Você conhece os principais tipos de iluminação? Ao pensar em decoração, naturalmente pensamos nos móveis, na pintura e em muitos outros detalhes. Porém, a iluminação tem um papel principal nesse sentido.

Com ela, é possível ampliar o ambiente, destacar certos elementos decorativos, trazer uma sensação de aconchego e muito mais. No entanto, para isso é preciso conhecer o tipo de iluminação certa.

Então, continue lendo o post e conheça os 6 principais tipos de iluminação e como eles devem ser usados.

1- Iluminação direta

Neste tipo, direcionamos a luz para um ponto específico. Por exemplo, em uma sala de estudos, um escritório ou um cantinho de leitura a luz é focada nos pontos em que você fará as atividades. No banheiro, a luz ajuda a se arrumar na frente do espelho. Ou seja, é uma luz muito funcional!

Além disso, na decoração, é uma luz que pode ajudar a trazer foco para certos objetos. Normalmente, é usado uma fonte como um pendente, já que ele permite o direcionamento da luz mais facilmente.

2- Iluminação Indireta

Essa é a luz mais sutil, ou seja, não é o principal foco da iluminação. Seu objetivo é ressaltar objetos e certas áreas de um cômodo. Então, normalmente, é combinada com superfícies que ajudam a refleti-la.

As arandelas são ótimas para ajudar nessa iluminação.

3- Iluminação Difusa

A iluminação difusa é a que você provavelmente tem no seu banheiro, quarto ou sala.

Seu objetivo é iluminar um ambiente completamente, mas de forma bem suave. Isto é, a luz não agride a vista, oferecendo uma sensação de conforto. Isso também quer dizer que não existem tantas sombras e contrastes que cansam as vistas.

4- Iluminação linear

Esse é um conceito mais moderno e bem interessante. Com ele, a luz é distribuída a partir de linhas contínuas.

Assim, este tipo proporciona os mesmos efeitos da iluminação anterior, trazendo aconchego e conforto. A diferença é que, por conta da natureza linear, existe o detalhe estético que pode ser bem interessante, dependendo de qual for a sua intenção ao decorar o ambiente.

5- Iluminação de orientação

Tem uma atribuição mais funcional do que necessariamente estética. Seu objetivo é ajudar as pessoas a transitar por um ambiente. Por isso, é comum em escadas, próximas a corrimãos, como aquela luz que fica nas escadas do cinema. O ideal é que as lâmpadas sejam embutidas.

Com um pouco de criatividade, é possível usar essas luzes na decoração.

6- Iluminação de destaque

É semelhante à luz direta, com a diferença de que a usamos para destacar um ponto específico. É mais concentrada, permitindo destacar objetos, como um quadro na parede, uma planta no aparador da sala ou uma área de paisagismo. O único cuidado é: não utilize uma luz forte demais a ponto de tirar a atenção do objeto.

Qual é o tipo de iluminação ideal para cada ambiente?

Os tipos de iluminação variam bastante de acordo com o seu objetivo e com o ambiente. Por exemplo, na sala você tem objetivos como o conforto e o aconchego, o que significa que a luz indireta é a majoritária. Mas isso não significa que você vá deixar de ter a luz de destaque para realçar os principais pontos da decoração.

No escritório, é necessário uma boa luz direta, especialmente se você passa muito tempo no computador. O ideal é que essa luz possa ser ajustável, tanto no que diz respeito à intensidade, quanto ao posicionamento.

Em praticamente qualquer ambiente você terá uma iluminação difusa, de modo a complementar o ambiente.

Agora que você já conhece os tipos de iluminação, já pode decorar o ambiente da forma que sempre quis. Portanto, entenda bem seus objetivos e combine com a iluminação que mais vai ajudar você.

Na Rei da Iluminação, você encontra todos os acessórios que precisa para decorar o ambiente a sua maneira!

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *